Ney Matogrosso Baixar Músicas

Ney Matogrosso

MPB

821 views
Compartilhe Agora:

foto de Ney Matogrosso

Ney de Sousa Pereira (Bela Vista, Mato Grosso do Sul, Brasil - 1º de agosto de 1941), mais conhecido como Ney Matogrosso, é um cantor, coreógrafo, bailarino, dramaturgo e ator brasileiro. Atualmente considerado um dos intérpretes brasileiros mais produtivos, o nome artístico Ney Matogrosso foi adotado somente em 1971, quando se mudou para São Paulo. Desde cedo demonstrou dotes artísticos: cantava, pintava e interpretava. Teve a infância e a adolescência marcadas pela solidão, e ao completar dezessete anos deixou a casa da família para ingressar na Aeronáutica, Ney ainda estava indeciso quanto à futura profissão. Gostava de teatro e cantava esporadicamente, mas acabou indo trabalhar no laboratório de anatomia patológica do Hospital de Base de Brasília, a convite de um primo. Tempos depois foi convidado para participar de um festival universitário e chegou a formar um quarteto vocal. Depois do festival, fez de tudo um pouco, até atuou em um programa de televisão. Também concentrou suas atenções no teatro, decidido a ser ator. Atrás deste sonho, ele desembarcou no Rio de Janeiro em 1966, onde passou a viver da confecção e venda de peças de artesanato em couro. Ney adotou completamente a filosofia de vida hippie. Em 1971, mudou-se para São Paulo e passou a integrar, juntamente com João Ricardo e Gerson Conrad, o Secos & Molhados. Adotando o nome artístico de Ney Matogrosso, ensaiou durante um ano com o grupo, com o qual estreou profissionalmente em 1973, realizou diversos shows e gravou dois LPs com muito sucesso. Com a dissolução dos Secos e Molhados, no ano seguinte, iniciou carreira solo. Em 1975, gravou seu primeiro LP como artista solista, "Ney Matogrosso", com destaque para a canção "América do Sul" (Paulo Machado). Em seguida, apresentou-se no Rio e em São Paulo, singularizando-se no cenário artístico por sua voz aguda e por sua performance em palco, apresentando-se maquiado e fantasiado. Trabalhou em Milão com Astor Piazzolla, com quem gravou um compacto duplo. Lançou, em 1976, o LP "Bandido", obtendo sucesso com a faixa "Bandido corazón" (Rita Lee), e, no ano seguinte, o LP "Pecado", contendo "Da cor do pecado" (Bororó), "Tigresa" (Caetano Veloso), "San Vicente" (Milton Nascimento e Fernando Brant) e "Sangue latino" (João Ricardo e Paulinho Mendonça), entre outras canções. Em 1978, gravou o LP "Feitiço", com destaque para as canções "Bandolero" (Luli e Lucina) e "Não existe pecado ao sul do Equador" (Ruy Guerra e Chico Buarque). No ano seguinte, apresentou o show "Seu tipo", lançando LP homônimo, no qual registrou a faixa-título (Luiz Carlos Goes e Eduardo Dusek), "Dor medonha" e "Rosa de Hiroshima" (Gerson Conrad e Vinicius de Moraes), entre outras. Em 1980, gravou o LP "Sujeito estranho", incluindo as faixas "Ando meio desligado" (Sergio Dias, Arnaldo Baptista e Rita Lee), "Um índio" (Caetano Veloso) e "Doce vampiro" (Rita Lee), entre outras. No ano seguinte, sua interpretação de "Homem com H" (Antônio Barros), registrada no LP "Ney Matogrosso", obteve muita repercussão. O disco incluiu ainda a faixa "Cubanakan" (Moisés Simon, Sauvat e Champfleury), entre outras. Em 1981, a Continental lançou um LP contendo a gravação do espetáculo realizado em 1974 com o grupo Secos e Molhados no Maracanãzinho. Em 1982, apresentou-se no Canecão (RJ), com o show "Matogrosso", lançando LP homônimo, com destaque para as canções "Por debaixo dos panos" (Cecéu), "Deixar você" (Gilberto Gil) e "Tanto mar" (Chico Buarque). Completando dez anos de sua estréia no cenário artístico e já tendo recebido dois Discos de Platina e dois Discos de Ouro, realizou, em 1983, sua primeira turnê pela Europa, com destaque para sua apresentação, ao lado de Alceu Valença, Milton Nascimento e Wagner Tiso, na Noite Brasileira do Festival de Montreux (Suíça), registrada em disco. Ainda nesse ano, gravou o LP "Pois é", contendo um pout-pourri com sucessos de sua carreira, além das canções "Coração civil" (Milton Nascimento e Fernando Brant), "Babalu" (Margarita Lecuona) e "Pro dia nascer feliz" (Roberto Frejat e Cazuza), entre outras. Em 1984, alugou a lona do Circo Tihany e montou o espetáculo "Destino de aventureiro", que permaneceu em cartaz durante cinco meses no Rio e seguiu em turnê pelo Brasil. Nesse mesmo ano, gravou LP homônimo, contendo as canções "Por que a gente é assim" (Roberto Frejat, Ezequiel Neves e Cazuza) e "Vereda tropical" (G. Curriel), entre outras. Por esse trabalho, foi contemplado com um Disco de Ouro e um Disco de Platina. Em 1986, lançou o LP "Bugre", registrando suas composições "Dívidas de amor" (c/ Leoni) e "Vertigem" (c/ RPM), além de "Balada do louco" (Arnaldo Baptista) e "Las muchachas de Copacabana" (Chico Buarque), entre outras. No ano seguinte, apresentou-se pela primeira vez sem maquiagem e fantasias, no show "Pescador de pérolas", gravado ao vivo. No repertório, canções como "O mundo é um moinho" (Cartola), "Segredo" (Marino Pinto e Herivelto Martins) e "Dora" (Dorival Caymmi), entre outras. Em 1988, gravou o LP "Quem não vive tem medo da morte", contendo as faixas "Felicidade zen" (Tavinho Paes e Arnaldo Brandão), "Dama do cassino" (Caetano Veloso) e "Todo sentimento" (Chico Buarque e Cristóvão Bastos), entre outras. Ainda nesse ano, lançou, com Wagner Tiso e João Carlos Assis Brasil, o LP "A Floresta do Amazonas - Villa-Lobos". Em 1989, lançou o LP "Ney Matogrosso ao vivo". Apresentou-se com o violonista Raphael Rabello, com quem gravou, em 1990, o disco "À Flor da pele", contendo "Modinha" (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), "Retrato em preto e branco" (Chico Buarque e Tom Jobim), "Molambo" (Jayme Florence e Augusto Mesquita), "No rancho fundo" (Ary Barroso e Lamartine Babo) e "O mundo é um moinho" (Cartola), entre outras. Em 1993, lançou, com o grupo Aquarela Carioca, o CD "As aparências enganam" e dirigiu o Prêmio Sharp, que nessa edição homenageou os cantores Cauby Peixoto e Ângela Maria. Ainda nesse ano, foi publicada a biografia "Ney Matogrosso - um cara meio estranho" de autoria de Denise Pires Vaz. Em 1994, lançou o CD "Estava escrito", interpretando canções do repertório de Ângela Maria, como "Desejo" (Paulo Marques e Othon Russo), "Balada triste" (Esdras Silva e Dalton Vogeler) e "Amendoim torradinho" (Henrique Beltrão). No ano seguinte, realizou turnê de shows pelo Brasil, com as músicas do disco "Estava escrito". Homenageou Chico Buarque, registrando obras do compositor no disco "Um brasileiro", lançado em 1996. Em 1997, lançou o CD "O cair da tarde", contendo exclusivamente composições de Villa-Lobos e de Tom Jobim. Realizou shows de lançamento do disco ao lado de Leandro Braga e do grupo Uákti. Em 1999, gravou o CD "Olhos de farol", com músicas de Pedro Luís ("Miséria no Japão"), Paulinho Moska ("Gotas de tempo puro") e Luis Tatit ("Depois melhora"), entre outros. Apresentou-se no Canecão (RJ), realizando show homônimo, no qual interpretou o repertório do disco e sucessos dos Secos & Molhados, como "O vira", "Rosa de Hiroshima", "Sangue latino" e "Mulher barriguda". O show foi gravado ao vivo. Em 2000, lançou o CD "Vivo", comemorativo dos 25 anos de carreira solo, contendo a gravação do show realizado em 1999 no Canecão. Ainda em 2000, voltou a apresentar-se nessa casa de espetáculos, com show de lançamento do CD "Vivo". Nesse mesmo ano, atuou, ao lado do grupo Nó em Pingo D'Água, em shows realizados no Sesc Pompéia (SP). Ainda em 2000, participou do projeto "Pão Music", que teve como tema os 500 anos do descobrimento do Brasil, dividindo o palco armado na Praia de Ipanema com o angolano Filipe Mukenga. Em 2001, lançou o CD "Batuque", registrando obras dos anos 1920, 1930 e 1940, como "De papo pro ar" (Joubert de Carvalho e Olegário Mariano), "Tico-tico no fubá" (Zequinha de Abreu) e "O que é que a baiana tem?" (Dorival Caymmi). O disco contou com a participação do conjunto Nó em Pingo D’Água, além de Leandro Braga, Ricardo Silveira, Marcio Montarroyos, Marcos Suzano, João Lyra, Marcelo Gonçalves, Zé da Velha e Jorge Helder. Em 2002, gravou o CD "Ney Matogrosso interpreta Cartola", registrando obras do compositor da Mangueira, como "O sol nascerá (A sorrir)" (c/ Elton Medeiros), "Corra e olhe o céu" (c/ Dalmo Castello), "As rosas não falam", "Acontece" e "Tive sim", entre outras. Ao longo de sua carreira, apresentou-se diversas vezes no exterior, realizando turnês nos Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Europa e Israel, tendo sido contemplado com vários prêmios. Assinou, também, a iluminação de vários espetáculos, com destaque para o show "Paratodos", de Chico Buarque. Lançou, em 2004, o CD "Vagabundo", em parceria com Pedro Luís e A Parede. Apresentou-se com o grupo, nesse mesmo ano, no Canecão (RJ) e no Claro Hall (RJ). Em 2005, voltou ao Canecão, apresentando-se ao lado de Pedro Luís e A Parede. Nesse mesmo ano, lançou, em CD e DVD, "Canto em qualquer canto", acompanhado por um quarteto de cordas formado por Marcelo Gonçalves (violão de 7 cordas), Pedro Jóia (alaúde e violão), Ricardo Silveira (guitarra e violão) e Zé Paulo Becker (viola e violão). No repertório, as canções "Ardente" (Joyce), "Amendoim torradinho" (Henrique Beltrão), "Bamboleô" (André Filho), "Dos Cruces" (Carmelo Larrea), "Retrato marrom" (Rodger Rogério e Fausto Nilo), "Oriente" (Gilberto Gil), "Bandolero" (Luli e Lucina), "O doce e o amargo" (João Ricardo e Paulinho Mendonça), "Lábios de mel" (Waldir Rocha), "Tanto amar" (Chico Buarque), "Já te falei" (Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown, Marisa Monte e Dadi Carvalho) e a faixa-título (Itamar Assumpção e Ná Ozzeti), além das inéditas "Uma canção por acaso" e "Duas nuvens", ambas de Pedro Jóia e Tiago Torres da Silva). A produção musical foi assinada por João Mário Linhares. Em 2006, foi contemplado com o Prêmio Tim de Melhor Cantor, na categoria MPB. Em 2007, estreou no Citibank Hall (SP) o show "Inclassificáveis", acompanhado por Carlinhos Noronha (baixo), Júnior Meirelles (guitarra e violão), Sérgio Machado (bateria), DJ Tubarão (percussão e pick-up) e Felipe Roseno (percussão), além do antigo companheiro do grupo Secos & Molhados Emilio Carrera (piano, teclado e direção musical), com figurinos de Ocimar Versolato e cenário de Milton Cunha, e iluminação assinada em parceria com Juarez Farinon. No repertório, canções de Cazuza (“O tempo não pára”, com Arnaldo Brandão; Por que a gente é assim, com Ezequiel Neves e Frejat; e “Pro dia nascer feliz”, com Frejat), além de “Veja bem, meu bem” (Marcelo Camelo), “Mal necessário” (Mauro Kwitko), “Cavaleiro de Aruanda” (Tony Osanah), “Ode aos ratos” (Edu Lobo e Chico Buarque), “Sea” (Jorge Drexler), “Coisas da vida” (Alzira Espíndola e Itamar Assumpção), “Mente, mente” (Robinson Borba), “Lema” (Lokua Kanza), “Simples desejo” (Daniel Carlomagno e Jair de Oliveira) e a canção que dá título ao espetáculo, de autoria de Arnaldo Antunes, entre outras. No início de 2008, apresentou o espetáculo “Inclassificáveis” no Canecão (RJ). O show foi gravado ao vivo para lançamento em DVD. Read more on Last.fm. User-contributed text is available under the Creative Commons By-SA License; additional terms may apply.

TODOAS AS MÚSICAS
  1. A Balada do Cachorro Louco

    53 views
  2. A Banda

    46 views
  3. A Bela e a Fera

    46 views
  4. A Cor do Desejo

    121 views
  5. A Galinha D'angola

    60 views
  6. A Ilusão da Casa

    99 views
  7. A Lua Girou

    73 views
  8. A Ordem É Samba

    54 views
  9. A Tua Presença Morena

    44 views
  10. Acalanto Para Helena

    53 views
  11. Açucar Candy

    46 views
  12. Airecillos

    47 views
  13. Alma Llanera

    48 views
  14. Almanaque

    58 views
  15. Amendoim Torradinho

    85 views
  16. América do Sul

    334 views
  17. Amor

    56 views
  18. Amor Perfeito

    41 views
  19. Amor Proibido

    42 views
  20. Andar Com Fé

    71 views
  21. Angra

    36 views
  22. Aquarela do Brasil

    76 views
  23. Aqui e Agora

    73 views
  24. Ardente

    112 views
  25. As Andorinhas

    40 views
  26. As Ilhas

    40 views
  27. As Rosas Não Falam

    63 views
  28. As Três Lágrimas

    43 views
  29. Assim Assado

    46 views
  30. Astronauta Lírico

    86 views
  31. Autonomia

    52 views
  32. Babalú

    58 views
  33. Balada da Arrasada

    32 views
  34. Balada do Louco

    264 views
  35. Bamboleô

    65 views
  36. Bandoleiro

    93 views
  37. Barco Negro

    112 views
  38. Basta De Clamares Inocência

    67 views
  39. Bate Boca

    52 views
  40. Beijos de ímã

    85 views
  41. Bicho de Sete Cabeças II

    69 views
  42. Bodas

    54 views
  43. Bom Conselho

    45 views
  44. Bomba H

    65 views
  45. Boneca Cobiçada

    52 views
  46. Cachorro Vagabundo

    44 views
  47. Caicó (cantigas)

    46 views
  48. Cair da Tarde

    46 views
  49. Cala a Boca, Bárbara

    67 views
  50. Calix Bento

    145 views
  51. Caminhemos

    114 views
  52. Canção de Amor

    40 views
  53. Canção Em Modo Menor

    53 views
  54. Cante Uma Canção de Amor

    43 views
  55. Canto Em Qualquer Canto

    66 views
  56. Caro Amigo

    58 views
  57. Carolina

    34 views
  58. Cavaleiro de Aruanda

    119 views
  59. Chance de Aladim

    41 views
  60. Chavão Abre Porta Grande

    64 views
  61. Cheiro da Saudade

    78 views
  62. Cobra Manaus

    89 views
  63. Coisas da vida

    70 views
  64. Com a Boca No Mundo

    46 views
  65. Comida

    68 views
  66. Construção

    122 views
  67. Coração Civil

    64 views
  68. Coragem, Coração

    38 views
  69. Cordas de Aço

    59 views
  70. Corrente

    65 views
  71. Coubanakan

    74 views
  72. Da Cor Do Pecado

    81 views
  73. Dama do Cassino

    76 views
  74. De Cigarro em Cigarro

    62 views
  75. De Marte

    72 views
  76. Depois Melhora

    82 views
  77. Desafinado

    68 views
  78. Desalento

    54 views
  79. Desejo

    49 views
  80. Desfigurado

    48 views
  81. Destino de Aventureiro

    63 views
  82. Disritmia

    69 views
  83. Dívida de Amor

    52 views
  84. Divino, Maravilhoso

    132 views
  85. Doce de Coco

    56 views
  86. Doce Vampiro

    61 views
  87. Dor Medonha

    92 views
  88. Dos Cruces

    64 views
  89. Duas Nuvens

    36 views
  90. El Justiciero

    51 views
  91. Encanto (Nature Boy)

    72 views
  92. Enquanto Espero

    38 views
  93. Ensaboa

    76 views
  94. Escuta

    73 views
  95. Estava Escrito

    149 views
  96. Estrada Branca

    46 views
  97. Êta Nóis

    57 views
  98. Existem Coisas Na Vida

    75 views
  99. Faço de tudo

    34 views
  100. Fala

    262 views
  101. Falando de Amor

    40 views
  102. Fascinação

    59 views
  103. Fazê o Quê?

    46 views
  104. Fé cega, faca amolada

    80 views
  105. Felicidade Zen

    64 views
  106. Fico Louco

    44 views
  107. Finalmente

    56 views
  108. Flores Astrais

    94 views
  109. FM Rebeldia

    68 views
  110. Fogo e risco

    43 views
  111. Folia no Matagal

    75 views
  112. Fósforo Queimado

    41 views
  113. Fraterno

    49 views
  114. Fratura Não Exposta

    49 views
  115. Freguês da Meia-Noite

    162 views
  116. Gaivota

    122 views
  117. Help Natureza

    70 views
  118. Homem Com H

    595 views
  119. Homem De Neanderthal

    54 views
  120. Homenagem Ao Malandro

    37 views
  121. Idade de ouro

    59 views
  122. Incêndio

    215 views
  123. Inclassificáveis

    117 views
  124. Inspiração

    43 views
  125. Interesse

    42 views
  126. Invento

    74 views
  127. Isso Não Vai Ficar Assim

    66 views
  128. Já Te Falei

    41 views
  129. Jeito de Amar

    54 views
  130. Jesus

    38 views
  131. Johnny Pirou (johnny B. Goode)

    53 views
  132. Lábios De Mel

    43 views
  133. Las Muchachas de Copacabana

    69 views
  134. Lavoura

    51 views
  135. Lema

    66 views
  136. Leve

    71 views
  137. Mais Além

    109 views
  138. Mal Necessário

    136 views
  139. Maria Escandalosa

    78 views
  140. Me abrace mais

    62 views
  141. Me Rói

    81 views
  142. Medo Mulato

    65 views
  143. Melodia Sentimental

    51 views
  144. Mente, Mente

    85 views
  145. Mesmo Que Seja Eu

    158 views
  146. Metamorfose Ambulante

    37 views
  147. Minha História (Gesubambino)

    116 views
  148. Miséria no Japão

    73 views
  149. Modinha

    50 views
  150. Molambo

    41 views
  151. Moto-contínuo

    73 views
  152. Mulher Barriguda

    60 views
  153. Mulher Sem Razão

    55 views
  154. Mulheres de Atenas

    96 views
  155. Não Consigo

    66 views
  156. Não existe pecado ao Sul do Equador

    76 views
  157. Não Faz Sentido

    76 views
  158. Não, Não Digas Nada

    56 views
  159. Napoleão

    65 views
  160. Negue

    56 views
  161. Novamente

    92 views
  162. Número Um

    43 views
  163. O "Tic-Tac" do Meu Coração

    36 views
  164. O Beco

    93 views
  165. O Ciúme

    52 views
  166. O Corsário

    102 views
  167. O Doce e o Amargo

    51 views
  168. O Mundo é Um Moinho

    83 views
  169. O Mundo Não Se Acabou

    54 views
  170. O Patrão Nosso de Cada Dia

    101 views
  171. O Samba e o Tango

    85 views
  172. O Seu Amor

    54 views
  173. O Sol Nascerá

    89 views
  174. O Som do Mundo

    45 views
  175. O Tempo Não Pára

    131 views
  176. O Vira

    489 views
  177. Ode aos Ratos

    114 views
  178. Oh! Mulher Infiel

    51 views
  179. Olhos de Farol

    48 views
  180. Os Avisos (terceiro)

    101 views
  181. Ouça-me

    46 views
  182. Página de Dor

    38 views
  183. Pai e Mãe

    59 views
  184. Paranpanpan

    60 views
  185. Partido Alto

    123 views
  186. Pato Preto

    52 views
  187. Pavão Misterioso

    171 views
  188. Pedra de rio

    49 views
  189. Poema

    139 views
  190. Poema Dos Olhos da Amada

    46 views
  191. Pois é

    62 views
  192. Ponta do Lápis

    70 views
  193. Por debaixo dos Panos

    101 views
  194. Por Que a Gente e Assim?

    97 views
  195. Porta do Silencio

    51 views
  196. Postal de Amor

    56 views
  197. Pra Não Morrer de Tristeza

    82 views
  198. Pra Virar Lobisomem

    156 views
  199. Prece Cósmica

    99 views
  200. Preciso Me Encontrar

    45 views
  201. Pro Dia Nascer Feliz

    52 views
  202. Promessas Demais

    88 views
  203. Qualquer Coisa

    45 views
  204. Quem Sabe?

    70 views
  205. Recompensa

    48 views
  206. Retrato Em Branco e Preto

    53 views
  207. Retrato Marrom

    69 views
  208. Rio de Janeiro: Isto é o Meu Brasil

    48 views
  209. Roendo As Unhas

    35 views
  210. Rondo do Capitão

    40 views
  211. Rosa de Hiroshima

    262 views
  212. Rua Da Passagem (Trânsito)

    65 views
  213. Samba do Blackberry

    83 views
  214. Samba Rasgado

    122 views
  215. San Vicente

    46 views
  216. Sangue Latino

    134 views
  217. Sea

    56 views
  218. Segredo

    61 views
  219. Sem Medo de Assombração

    137 views
  220. Senões

    54 views
  221. Sereia

    43 views
  222. Seres Tupy

    78 views
  223. Seu Tipo

    52 views
  224. 66 views
  225. Só Vives Pra Lua

    54 views
  226. Soneto

    78 views
  227. Sujeito Estranho

    66 views
  228. Tango Para Tereza

    51 views
  229. Tanto Amar

    172 views
  230. Tem Gente com Fome

    110 views
  231. Tem Que Rebolar

    84 views
  232. Tema de Amor de Gabriela

    73 views
  233. Tempo Afora

    71 views
  234. Tercer Mundo

    84 views
  235. Tigresa

    53 views
  236. Todo Sentimento

    57 views
  237. Touradas Em Madri

    52 views
  238. Transpiração

    51 views
  239. Trepa no coqueiro

    53 views
  240. Três Apitos

    42 views
  241. Três Caravelas

    40 views
  242. Tupi Fusão

    71 views
  243. Two Naira Fifty Kobo

    46 views
  244. Uai Uai

    90 views
  245. Último Desejo

    54 views
  246. Último Dia

    43 views
  247. Último Drama

    40 views
  248. Último Romance

    40 views
  249. Um Índio

    198 views
  250. Um pouco de calor

    115 views
  251. Um Rei

    45 views
  252. Uma Canção Por Acaso

    52 views
  253. Urubu Malandro

    63 views
  254. Usina de prata

    63 views
  255. Vagabundo

    73 views
  256. Valsinha

    35 views
  257. Vamos Prá Lua

    131 views
  258. Veja Bem, Meu Bem

    101 views
  259. Vendedor de Bananas

    106 views
  260. Vento Bravo

    50 views
  261. Verdade da Vida

    58 views
  262. Vereda Tropical

    46 views
  263. Viajante

    112 views
  264. Vida Louca Vida

    50 views
  265. Vira-lata de Raça

    40 views
  266. Yolanda

    58 views

Últimas Notícias Sobre Ney Matogrosso

Ney Matogrosso sobre Nação Zumbi: 'rigidez masculina que gosto de ver'

Jornal do Commercio -  2017/09/13 10:21:00


No próximo dia 22 de setembro, o cantor Ney Matogrosso e a banda Nação Zumbi farão, juntos, um show especial no palco Sunset do Rock in Rio. Trechos dos ensaios, nos quais Ney e Jorge Du Peixe aparecem cantando Amor, dos Secos & Molhados, têm sido ...

Internautas criticam post do Secos & Molhados sobre Ney Matogrosso citando o cantor como 'só vocalista' do grupo

G1 -  2017/09/15 06:35:00


Ney Matogrosso vai se apresentar ao lado da Nação Zumbi no Palco Sunset do Rock in Rio 2017, na sexta-feira (22). E o responsável pelo perfil do Facebook do Secos & Molhados comentou a apresentação do ex-vocalista do grupo no festival. "O ex-vocalista ...

Musical festeja trajetória de Ney Matogrosso

extra.globo.com -  2017/09/12 01:04:00


A música de Ney Matogrosso tocou os brasileiros há pouco mais de 40 anos para nunca mais sair da vida de seu público. Hipnótico e revolucionário intérprete, o cantor ganhou um musical para chamar de seu, em cartaz no Teatro dos Quatro, na Gávea.

Aerosmith adianta em BH repertório que deve trazer ao Rock in Rio

O Globo -  2017/09/19 16:06:00


A cantora se apresentará no Sunset ao lado do grupo de funk ... Sangue latino' - Secos & Molhados Ney Matogrosso e Nação Zumbi (22/9 às 20h) O grupo que lançou o manguebeat para o mundo, liderado por Chico Science, e o consagrado artista dos Secos ...

Rock in Rio: Palco Sunset tem uma promessa para competir com Palco Mundo

cultura.estadao.com.br -  2017/09/17 04:54:00


Uma dica do Sunset da próxima semana será a sexta, 22, que trará Ney Matogrosso com a Nação Zumbi fechando. Antes dele, o Grande Encontro convida a Banda de Pífanos Zé do Estado e o Grupo Grial de Dança; o Baiana System traz ao palco a cantora ...

BaianaSystem e Titica antecipam parceria no Rock in Rio com clipe

O Globo -  2017/09/18 14:08:00


ao lado da cantora e dançarina transgênero Titica, tem tudo para fazer uma estreia daquelas no Palco Sunset. O show está marcado para 16h30m. Na sexta, o palco recebe ainda os encontros entre Nação Zumbi e Ney Matogrosso, Sinara e Mateus Aleluia e O ...

Danilo Gentili opina sobre Pablo Vittar em rede social; confira

1News Brasil -  2017/09/18 06:51:00


Desde o momento de sua apresentação no Rock in Rio, o cantor Pablo Vittar vem sendo alvo de diversos ... Jorge Lafon, Rogéria, Ney Matogrosso, Traveco no Silvio Santos”. Em seguida, usando palavras mais fortes que não podem ser veiculadas totalmente ...

Fã da Lady Gaga chora com o cancelamento do show da cantora no Rock in Rio

UOL Entretenimento -  2017/09/14 12:14:00


O anúncio do cancelamento do show da Lady Gaga no Rock in Rio causou consternação nos fãs que esperavam a cantora na cidade. De Britney Spears a Sandy Junior, passando por New Kids on the Block, N'Sync, Beyoncé, Ney Matogrosso, Milton Nascimento e ...

Johnny Hooker, Liniker e Almério dominam o Palco Sunset

G1 -  2017/09/17 15:36:00


Com um trabalho de tintas regionais bem mais carregadas, o cantor e compositor pernambucano entoou uma ... é impossível não pensar no quanto o trabalho de Ney Matogrosso ainda ecoa de forma decisiva no trabalho da geração mais jovem da Música Popular ...

Resistência: A população LGBT e a Ditadura Militar no Brasil

Revista Lado A -  2017/09/17 12:32:00


Por outro lado, alguns artistas conseguiram usar da fama para fomentar o debate sobre LGBT’s. O cantor Ney Matogrosso, por exemplo, foi uma importante personalidade que exibia shows com performances que colocavam o masculino e feminino em questionamento.